Em Algum Lugar nas Estrelas é uma história sobre perder e buscar

HEAD.jpg

Em Algum Lugar nas Estrelas é uma história sensível e fantástica sobre perda e luto, amizade e família. É a história de Jack que, sem saber, está buscando a si mesmo depois que a morte da mãe o deixou perdido. É a história de Early, “o mais estranho dos garotos”, e é a história de Pi, que quer merecer seu nome para poder voltar para casa, mesmo que não haja mais uma casa para a qual voltar.

Jack está completamente perdido. Ele tem treze anos e sua mãe acabou de morrer subitamente. Seu pai não é mais o homem de quem ele se lembrava, e Jack também não é mais o garoto que costumava ser. Quando seu pai decide levá-lo a Kansas, para um colégio interno apenas de meninos no Maine, as coisas só ficam piores. Agora ele é um estranho em um lugar desconhecido, nada ali lhe é familiar, e ele se sente sozinho. Muito sozinho. O tempo todo.

Quando conhece Early Auden, “o mais estranho dos garotos”, Jack não se sente particularmente interessado em fazer amizade com ele. Mas, sem que ele perceba, já está passando a maior parte do tempo livre com o garoto desajustado e genial que mora na sala do zelador, escuta Billie Holliday em dias de chuva e parece ser a única pessoa no mundo mais sozinha que Jack.

O que todos sabem sobre Early é que ele perdeu seu pai, o antigo membro do conselho administrativo do colégio. Depois disso, ele recebeu uma bolsa e continua a viver lá, porém ninguém se importa muito com o menino, que assiste apenas as aulas que o interessam e se importa com pouquíssimas aulas. Early parece ter uma obsessão pelo número Pi, e não consegue aceitar a teoria de que ele talvez não seja infinito. Na verdade, o garoto está convencido de que Pi está apenas perdido, e que alguém precisa encontrá-lo.

Early está pronto para partir em uma jornada em busca de um urso gigante na trilha Apalache, onde ele tem certeza de que vai achar o corajoso Pi, e também uma pessoa amada. Jack sabe que não pode deixar o amigo ir sozinho, então mesmo sem acreditar na história e pensando que a viagem é uma loucura, decide se juntar a ele para impedir acidentes. Durante a aventura, Jack também acaba encontrando alguém que estava perdido: ele mesmo. A narrativa é lindíssima, a escrita da autora é poética e sensível, e os acontecimentos inexplicavelmente parecidos com a história de Early sobre Pi fazem com que o livro flerte de forma sutil com o realismo fantástico.

Clare Vanderpool diz em sua nota, no final do livro, que Early não surgiu com a intenção de ser “uma representação da criança autista”, mas ele é um grande exemplo de boa representatividade. Há uma clara diferença entre ele e as outras crianças, e a forma como ele enxerga o mundo é o que guia a aventura dos meninos. Contudo, em nenhum momento o jeito ou a personalidade de Early são encarados como um problema. A autora jamais dá a entender que ele precisa mudar ou que há algo de errado com ele. Early é apenas diferente.

img_20160826_184558150

Não podia deixar de dizer o quão linda é a edição física deste livro. Apesar de já ter ouvido muitos elogios à DarkSide Books, eu nunca tinha comprado nenhum livro deles, e não podia ter ficado mais satisfeita com essa primeira experiência. O trabalho de tradução e revisão foram muito bem feitos, porém, sem dúvidas, o que traz à editora a reputação de possuir um cuidado primoroso com seus exemplares é a arte do livro. A capa é lindíssima, e as ilustrações que permeiam o interior do livro enriqueceram ainda mais a experiência de leitura da história. Fiquei muito satisfeita em ver que a história tão sensível e linda do Jack e do Early recebeu uma edição à sua altura.

Por fim, Em Algum Lugar nas Estrelas é uma história sobre buscar o que está perdido, mesmo quando parece que aquilo que perdemos se foi para sempre. É uma história sobre amizade, família e coragem. É a história de Jack Baker, que mesmo sem saber buscava a si mesmo. É a história de Early Auden, que busca sua Ursa Maior e seu Pi. E é a história de Pi, que perdeu muitas coisas antes de se perder, e que precisa ser encontrado. Em Algum Lugar nas Estrelas é uma história sobre compreender a si mesmo e aos outros.

Laís
meus textos | twitter | tumblr | skoob
Lis é estudante de letras que queria viver umas dez vidas pra estudar, ler e assistir tudo o que tem vontade. Rainha do fandom de um membro só. Não sabe controlar o sarcasmo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s