Trabalhar Cansa: o verdadeiro horror social

As dicas de filmes aqui no nosso Pavê Trevoso têm sido de uns longas mais diferentões (barrocos, inovadores, etc) e a de hoje continua nessa mesma linha. Talvez mais por acidente do que por escolha, já que decidi que queria falar de um filme brasileiro e só conseguia pensar em Trabalhar Cansa, que é muuuuuuito bom.  Então vamos conversar um pouquinho sobre esse filme que merece mais amor!

Untitled-1.png

Trabalhar Cansa é o primeiro longa dirigido pela dupla Marco Dutra e Juliana Rojas  [que também trabalharam juntos em O Lençol Branco, As Sombras e Desassossegos (Filme das Maravilhas)] e teve seu momento de brilhar no Festival de Cannes de 2011, na mostra Un Certain Regard. O enredo tem como protagonista uma pequena família classe média de São Paulo que passa por dificuldades financeiras. Otávio acaba de perder o emprego, enquanto sua esposa, Helena, decide abrir um mercadinho de bairro, o que faz com que ela precise dos serviços domésticos de Paula, que passa a tomar conta da casa e da filha do casal.

As distintas situações empregatícia dessas três personagens dá abertura para o filme abordar sobre o mercado de trabalho. Acompanhamos a experiência de Otávio tornar-se quase inútil numa nova realidade e como isso vai afetando sua autoestima e relações. Helena, por outro lado, está empenhada em fazer seu mercadinho dar certo, mas mantém uma relação difícil com seus funcionários, os quais ela sempre trata com superioridade e desconfiança, e ainda é assombrada por estranhezas que assolam o prédio. E com Paula temos a representação dessa jovem inexperiente que se vê obrigada a submeter-se há um trabalho de condições duvidosas como doméstica e em que muitas vezes é intimidada por seus patrões.

Foto Still

Você deve estar se perguntando: “Mas, Sol, e por que esse filme tá aqui no Pavê Trevoso?”. Acontece, pessoa, que Trabalhar Cansa é sim um drama que se propõe a expor e discutir  certas questões, mas ele faz isso através de elementos do horror, o que acaba construindo o maior clima de suspense que você respeita! O filme não tem a proposta de ser aquele terrorzão que te dá vários sustos e te deixa sem dormir por umas noites (apesar que dá pra ter agonia com umas cenas e passar a noite toda refletindo), mas ele constrói uma palpável tensão desde a primeira cena até o final. Algumas coisas estranhas acontecem no mercado e tem um mistério que cerca o antigo locatário daquele lugar. Você passa o longa todo sabendo que tem algo estranho acontecendo ali. Difícil falar mais sobre isso sem soltar um grande spoiler, então vou deixar o trailer aqui, porque só por ele já dá pra sentir qual é a vibe do filme.

O suspense psicológico nessa obra tem a pretensão de construir uma reflexão social, mostrando como somos constantemente aterrorizados e subjugados pela necessidade de manter uma carreira e de conquistar uma estabilidade financeira. Assim, não seria nenhum exagero apontar o capitalismo como o grande monstro desse filme.

Em Trabalhar Cansa temos uma história inteligente, engajada e rechiadíssima de simbologias, que com certeza vão alimentar e intrigar bastante o seu cérebro. Talvez o ritmo mais lento incomode alguns dos fãs do gênero, mas acredito que o filme se desenrola no tempo certo, atiçando certa ansiedade no seu espectador.

Talvez essa produção brasileirinha mereça um pouquinho da sua atenção, não acha?

Sol
meus textos | twitter | skoob | goodreads | filmow
Mestranda em Estudos Literários com ênfase em procrastinação. Apaixonada por cultura pop, acredita que toda história tem potencial pra ser uma boa comédia romântica e tá sempre pronta pra indicar uns chás.
Anúncios

Um comentário sobre “Trabalhar Cansa: o verdadeiro horror social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s