Pavê Mix: Então é Natal!

Scrooge se tornou uma pessoa melhor. Jack ficou fascinado com as luzinhas e o amor espalhados por todo canto. Grinch aprendeu a ser menos chato diferentão. Jack Frost foi visto pela primeira vez em muito tempo. John McClane salvou o dia. E todas essas histórias foram muito bem acomodadas ao Natal. Isso porque – segura que lá vem clichê – existe algo de mágico no ar durante essa época do ano! Família, reencontros, perdão, amizade, amor… Dezembro traz um calorzinho pros nossos corações e isso é muito bem representado na ficção. Então vem com a gente nesse Pavê Mix que veio pra trazer umas dicas de coisinhas amor pra assistir durante o Natal!

untitled-1

[Descrição da imagem: A personagem Angie, de RENT, vestida com um vestido Natalino, segurando dinheiros em suas mãos, olhando para o lado. A sua volta vemos o apartamento e sua decoração, que inclui uma bicicleta encostada numa viga.]

Hoje é 23 de dezembro, véspera da véspera de Natal, e nossos estômagos já estão ficando inquietos só de pensar nas comidas deliciosas que vão rolar nessas próximas duas semanas. Mas nem só de comida vive esse dia! Algo de especial ronda o reino de dezembro, porque nossos corações costumam se encher de alegria nessa época do ano. Ok, cada caso é um caso e nem todo mundo ama tanto o Natal quanto eu, sei disso, mas é difícil negar que o ar desse mês não cheira a um milhão de possibilidades!

E é pensando nessa magia presente nos finzinhos de ano que vim aqui apresentar algumas das minhas coisas favoritas que trazem o Natal como tema e fazem essa época ficar ainda mais agradável. Ao contrário das minhas últimas dicas no post “Ótimas comédias românticas ruins de Natal“, aqui vão algumas coisinhas bem bacanas e de qualidade que prometem deixar o seu fim de ano cheinho de amor!

  • RENT

Eu poderia (ou até deveria) indicar uns musicais clássicos como Duas Semanas de Prazer (Holiday Inn) ou Natal Branco (White Christmas), mas não posso resistir e vou de RENT mesmo! Esse musical não é temático de Natal, mas boa parte dele se passa nessa época do ano, e a primeira vez que eu assisti era dia de Natal, então ele sempre me traz essa nostalgia natalina. Sem contar que o que pode representar mais as coisas boas do Natal do que Seasons of Love? Fica aí a minha dica.

  • Anjo de Vidro (Noel)

Eu esbarrei nesse filme ano passado durante uma das minhas caçadas por filmes de Natal e foi uma surpresa muito boa! O longa conta a história de três personagens principais: uma mulher (Susan Sarandon) meio triste que está com a mãe no hospital e o casal (Paul Walker e Penélope Cruz) que enfrentam dificuldades em sua relação. As histórias desses personagens se encontram e é durante o Natal que eles acabam recebendo seus milagres, que mudam suas vidas para sempre. Vale a pena dar uma conferida!

lllllllllllllllll.png

[Descrição da imagem] Penélope Cruz e Susan Sarandon sentadas diante de um balcão de bar, viradas uma para outra, se encarando, com outras pessoas ao fundo. Cena do filme Anjo de Vidro.

  • O Caderninho de Desafios de Dash & Lily (Dash & Lily’s Book of Dares)

Se você tá procurando uma leitura bem tranquila e gostosinha, mas sempre pensando naquele clima de Natal, esse YA, escrito pela Rachel Cohn e pelo David Levithan, é uma ótima pedida! Lily ama tudo sobre o Natal, Dash preferia que não existisse; a vida desses dois jovens se encontra quando eles compartilham um caderninho em que vão escrevendo desafios um para o outro, sem se conhecerem pessoalmente. A história se passa durante dezembro, sendo um capítulo reservado à perspectiva de cada personagem (e escrito por cada autor, sempre revesando) e podemos ver muito do Natal no livro, então essa é uma dica mais do que justa (e fofa). E se o estilo te interessar, é sempre bom citar os livros de contos YA com essa temática que são mais conhecidos de todo mundo: Deixe a Neve Cair (Let It Snow), de Maureen Johnson, John Green e Lauren Myracle; ou O Presente do Meu Grande Amor (My True Love Gave To Me), organizado pela Stephanie Perkins. Ou ainda dá pra recorrer pra indicação da Emily nessa postagem e ler Ligações (Landline), da Rainbon Rowell.

  • A Felicidade Não Se Compra (It’s a Wonderful Life)

Falar de filmes de Natal e não falar desse clássico maravilhoso seria um erro terrível, então não podia faltar! A verdade é que, na minha opinião, esse é o melhor filme de Natal que você respeita. O longa conta a história de George Bailey e como ele alcançou o seu sucesso, construiu sua família e conquistou seu grande amor, mas também como, numa noite de Natal, ele se viu desesperado e prestes a se suicidar; George, porém, é interrompido por um anjo que precisa fazer o humano voltar a querer viver para ter suas asas de volta. Uma linda história que ensina o que realmente é importante na vida. Isso não é só Natal, é muuuuito Natal!

untitled-1 (1).png

[Descrição da imagem] Personagem de James Stewart em A Felicidade Não Se Compra, rodeado de todos seus amigos e familiares, perto de uma árvore de Natal.

  • Uma visita de São Nicolau (A Visit from St. Nicholas)

Que tal um poeminha? Escrito por Clement Clarke Moore, esse poema trouxe pras nossas vidas a figura que conhecemos hoje do bom velhinho que sempre vem com presentes e ho ho hos. Sem contar, é claro, as renas! O poema é curto e conta uma historinha tão fofa, que não pode ser ignorada. Ótimo pra ser lido na noite de Natal (pontos extras se você ler pras crianças da sua família). Não tem nada que eu possa dizer sobre esse poema que a Vevs já não tenha dito nesse vídeo maravilhoso, então corre lá pra dar uma olhada! E depois vai ler o poema, por favor, nunca te pedi nada.

  • Tokyo Godfathers

“Mas Sol, eu gosto de animações. Será que não tem nada de desenho pra ver sobre o Natal?”

É claro que ninguém realmente faria essa pergunta, porque é sabido que entre o curta O Natal do Charlie Brown (A Charlie Brown Christmas) e o maravilhoso A Origem dos Guardiões (Rise of the Guardians) tem pelo menos um zilhão de ótimas animações que se passam no Natal! Mas vamos lá, vou indicar uma animação japonesa que merece sua atenção e amor. Tokyo Godfathers conta a história de três pessoas em situação de rua (uma jovem, um homem e uma mulher) que acabam encontrando um bebê na noite de Natal. Procurando buscar os pais da criança, acabamos conhecendo um pouco mais sobre os três personagens e entendo o que os levaram até a situação atual de sua vida. Emocionante e recheado de amor, não tem como deixar passar um filme assim.

aaaaaaaaaaa.png

[Descrição da imagem] Cena de Tokyo Godfathers em que as três personagens principal – um homem, uma jovem e uma mulher – seguram o bebê, enquanto a mulher chora desesperadamente.  

  • Músicas de Natal 

Se for pra ter Natal sem musiquinhas natalinas é melhor nem sair de casa, né não? Então aqui vai umas indicações mais gerais dos meus favoritos quando o assunto é canções de Natal. Eu não vou falar da Simone e do seu CD, 25 de Dezembro, porque ela é rainha e não merece nem competir com os restos dos mortais, mas acho importante vocês irem agora mesmo escutar esse álbum tão importante pro nosso Natal brasileiro. Outro bem BR que eu gosto muuuito (e cresci ouvind0) é o álbum Em Família, do Chitãozinho & Xororó; além de ter umas músicas bem legais, como uma versão de Jigle Bell Rock, ainda tem a participação de Sandy & Junior, e nunca falha em nos lembrar que tá chegando o ano 2000, o que é muito importante. Um clássico gringo que eu gosto bastante é o A Jolly Christmas,  do Sinatra; cheio daqueles clássicos que a gente ouve sempre nos filmes e que deixam nossos corações mais natalinos, vale muito a pena conferir! Por último, e não menos importante, temos o álbum  Holiday Wishes, da Idina Menzel. Eu não precisaria dar mais motivos porque, bem, Idina Menzel; mas só pra te deixar com mais vontadinha de ir correndo lá ouvir, nesse álbum temos Baby, It’s Cold Outside num dueto da diva com o Michael Bublé e o que poderia ser melhor do que isso?

  •  Quebra-Nozes (The Nutcracker)

Essa todo mundo já conhece. A Clara, o Quebra-Nozes, o Rei Rato… Essa história faz parte do nosso imaginário desde que se popularizou e uma das coisas mais Natal para se fazer é parar para ouvir a composição do Tchaikovsky para o balé (sério, tô ouvindo agora mesmo enquanto escrevo essa postagem). Para nossa sorte, a Netflix está com uma das montagens desse balé no seu catálogo! Para quem se interessar em assistir Quebra-Nozes nesse Natal, procura lá a produção de George Balanchine desse balé, narrado por Kevin Kline e apresentado pela companhia de balé de Nova York.

Untitled-3.png

[Descrição da imagem] Trecho de Quebra-Nozes em que a pequena Clara segura o seu boneco nas mãos, mostrando-o para as outras crianças sentadas em sua frente e para os adultos que parecem surpresos com o boneco. 

Espero que pelo menos alguma dessas dicas seja útil pra deixar o seu fim de ano mais amorzinho. Nós aqui do Pavê estamos mandando muitas boas vibrações para o fim de ano de vocês, que tudo seja tão mágico e lindo como essas indicações. Boas festas! 

Sol
meus textos | twitter | skoob | goodreads | filmow
Mestranda em Estudos Literários com ênfase em procrastinação. Apaixonada por cultura pop, acredita que toda história tem potencial pra ser uma boa comédia romântica e tá sempre pronta pra indicar uns chás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s