Pavê de Vó: Jurassic Park

Jurassic Park é um dos filmes mais icônicos já feitos na história do cinema. Você pode não ter assistido, mas alguma parte de você sempre vai lembrar da clássica cena do tiranossauro rex perseguindo o jipe no meio da floresta.

É estranho pensar que a maioria das pessoas na verdade não chegou a ver a trilogia de filmes lançada por Spielberg em 1993. Para mim acaba sendo um filme nostálgico que marcou muito a minha infância. Talvez esteja na hora de dar uma chance para eles também.

Então aqui vão dez bons motivos para você assistir Jurassic Park.

gate_entrance_2

1.DINOSSAUROS!!!!!!!

O nome da categoria já diz tudo. Todo mundo já foi uma criança obcecada com dinossauros algum dia de suas vidas, então está na hora de você voltar a sua infância e tentar ver esse filme. Confesso que sempre foi meu sonho ver um dinossauro ao vivo e em cores, então Jurassic Park foi a coisa que chegou mais perto disso. Os dinossauros em si não foram feitos em CG (computação gráfica) – e sim mecanizados. São robôs! Robôs dinossauros!!!!!

curiosidades-jurassic-park-11

#pracegover: o diretor Spielberg sentado em frente a um dos dinossauros mecânicos especialmente feitos para o filme.

2. A INOVAÇÃO DO GÊNERO

Jurassic Park foi um dos filmes a estabelecer o misto entre horror, suspense e aventura. É aterrorizante ver os dinossauros a solta tentando comer as pessoas do parque, mas ao mesmo tempo não deixa de ser uma aventura que dá tudo certo no final. O tiranossauro também continua feliz e de pança cheia, então todo mundo sai ganhando.

3. A TRAMA

Sabe todos esses parques temáticos em filmes dando errado? Foi Jurassic Park que inventou tudo isso. É risível ter visto qualquer outro filme que tenha essa premissa sem dar uma chance ao clássico que começou tudo. As tramas dos filmes em si são bem sólidas – todo mundo tem um bom motivo para voltar a ilha, e pessoas estúpidas estão sempre indo até lá para morrer. Como em todo bom filme inspirado no terror, torcemos para alguns mocinhos e veemente desejamos que outras pessoas sejam comidas pelos dinossauros.

4. MARATONÁVEL

Jurassic Park é uma trilogia, e perfeito para assistir num sábado a tarde com chuva. Pegue sua pipoca, seus dinossauros de brinquedo e aproveite seu filme. A história toda, é claro, se concentra em volta de uma ilha cheia de dinossauros – as tramas progridem, mas sempre continua algo de inovador ou interessante. O segundo filme é o mais chatinho, mas o terceiro vale a pena pela aparição do Spinosaurus Aegyptiacus, e mais algumas cenas icônicas. De fato, há tantas cenas icônicas nesses filmes que se você não ver vai perder metade das referências de cinema.

5. SPIELBERG DO POVÃO

Sério, tem como um filme do Spielberg dar ruim? Confia em mim, vai ver o filme.

jurassic-park-jeff-goldblum

#Pracegover: Uma imagem de Jeff Goldblum deitado com a camisa aberta sem nenhum motivo aparente. Claramente uma obra de arte.

6. Jeff Goldblum sem camisa

“Ai Laura, você está sendo ridícula”. Estou mesmo. Essa cena em si é ridícula, porém é icônica. Jeff Goldblum interpreta o personagem mais interessante da história inteira, o matemático Ian Malcolm – o famoso pessimista. Ele insiste em dizer que a ideia de construir um parque cheio de dinossauros tem de dar errado. É natural que dê errado. Os dinossauros foram extintos por uma razão, e trazê-los de volta jamais daria certo.

7. Não é problematic Fave

Sabe aqueles filmes que você ama na infância daí vai rever e sua vontade é de simplesmente se enterrar? Jurassic Park não vai te desapontar desse jeito. Nada é problemático. Temos personagens femininas de destaque, falas excelentes e um roteiro que não precisa deixar donzelas em perigo. Também temos um Tiranossauro Rex fêmea engolindo o único cara que fala várias bostas. A TRUE FEMINIST ICON.

sci-fi-premises-jurassic-park

#pracegover: Imagem de um tiranossauro rex rugindo. Meu lindo bebêzinho.

8. A trilha sonora

John Williams é outro que não brinca em serviço. John Williams e Spielberg em parceria são músicas e filmes inesquecíveis na certa. Lembro de assistir o filme normal até chegar na parte em que vemos os dinossauros pela primeira vez e o tema começa a tocar. Me arrepio toda vez. Confere o tema aqui: https://www.youtube.com/watch?v=D8zlUUrFK-M

9. Clássico da Ficção Científica

Qualquer fã de ficção científica tem que ver Jurassic Park. Está no nosso manual. Assim como ler Asimov, ver os originais de Star Trek e filmes sobre o espaço, Jurassic Park foi um filme que marcou muito a história do cinema. Mesmo que seja para não gostar depois, é mandatório ver para ficar por dentro das narrativas que formaram o gênero.

10. Eu já disse dinossauros?

Sério, os dinossauros são facilmente a minha parte favorita do filme. Ao mesmo tempo em que inserem um pouco de ciência, tem a parte fantástica também. Não tem como não amar os velociraptors ou ficar assutado com a inteligência do bicho. É claro, que para qualquer paleontólogo que tenha estudado, o filme parece realmente bobo, mas foi dali que surgiu meu interesse em paleontologia e dinossauros. Estão sempre descobrindo coisas novas, e é legal ver os elementos incorporados ao longo dos filmes. Até os paleontólogos que consultaram para o filme tiveram uma briga épica sobre o Tiranossauro Rex ser ou não um caçador. Enfim, tem coisas interessantes para os amadores e para os cientistas.

MOTIVO BÔNUS: Chris Pratt no reboot!

O reboot da série está incrível, um dos melhores feitos nessa época de ressuscitar filmes antigos. Ao mesmo tempo em que honra muito bem os originais, traz também um novo elemento de tecnologia ao parque. A única pergunta que realmente fica é: PORQUE INSISTEM EM ABRIR ESSE RAIO DE PARQUE DE NOVO???? SEMPRE VAI DAR ERRADO!!!!!!

jurassic-world-2-filming-chris-pratt1

#pracegover: Chris Pratt em uma motocicleta correndo ao lado de quatro velociraptors.

De qualquer maneira, o reboot é fantástico, e eu como fã da franquia saí gritando do cinema quando vi. Queria que todos os reboots tivessem essa qualidade e esse cuidado com o material original. Estou ansiosa para ver o próximo e o que eles farão – tenho certeza que vai ser incrível.

Jurassic Park infelizmente não está mais disponível na Netflix, mas está sempre passando pelas TV a cabo, ou nas locadoras, ou naquela promoção marota por 19,90 da Lojas Americanas. Se interessar, também tem o livro que originou o filme. Jurassic Park, de Michael Crichton, foi lançado pela Aleph numa edição incrível, e é um livro que te prende até o final. De qualquer maneira, sempre vale revisitar um clássico.

Laura
meus textos | twitter | goodreads | pinterestEscritora com um sonho distante de ter um diploma de faculdade. Fã de Hamilton e Star Wars. Lê muito e dorme pouco. Loka de muitas coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s