Os Quadrinhos A2 da Cristina Eiko e do Paulo Crumbim

quadrinhos a2 capaNo começo desse mês de maio, o Lady’s Comics, juntamente com a Quanta Academia de Artes, produziu o Encontro Lady’s Comics em São Paulo, nos dias 6 e 7, sábado e domingo. O evento teve palestras, painel de troca de experiências, apresentou várias quadrinistas e ainda por cima teve venda de hqs, adesivos, posters e tudo mais. Nós aqui do Pavê passamos lá na tarde de domingo (a Bia até mesmo postou umas fotinhas no stories do nosso instagram – você segue a gente lá?) e, no meio de tanta gente legal, eu tive a oportunidade de conhecer a Cristina Eiko, co-autora dos Quadrinhos A2 e da história em quadrinho do Penadinho, Vida, da Graphic MSP!

Vida foi a primeira hq da Graphic MSP que eu li – e, até hoje, é a minha favorita. Eu estava bem curiosa pra conhecer os Quadrinhos A2, que ganhou o troféu HQ Mix na categoria Publicação Independente de Autor em 2013, mas acabei enrolando pra comprar os exemplares – até chegar lá na Quanta e dar de cara com eles e com a própria Eiko. Fiquei tão animada que acabei convencendo mais gente a comprar (quem nunca?) e, depois que a poeira abaixou um pouco, voltei lá pra pegar autógrafo (porque, né, ninguém é de ferro). A Cristina Eiko foi super fofa e não só autografou as três primeiras hqs que eu comprei dos Quadrinhos A2 como ficou um tempo conversando comigo e com a Laura sobre o Pino, o dachshund deles.

O post de hoje é pra falar justamente sobre os três primeiros volumes dos quadrinhos autobiográficos da Cristina Eiko e do Paulo Crumbim – e, se você já conhece Vida, dá pra saber o que esperar, né não?

Os Quadrinhos A2 são publicados desde 2011 e, até então, já são cinco volumes disponíveis, feitos a quatro mãos (e quatro patinhas, se você contar o Pino) pela Cristina e pelo Paulo. Eu comprei só os três primeiros (e estou levemente arrependida de não ter pego os outros dois), então o post vai ser sobre só eles. As histórias contadas aqui são todas autobiográficas, mas com um quê de fantasia e ficção científica que dão uma graça a mais a obra.

quadrinhos a2 um

Pra você ter uma ideia, o primeiro volume foca na viagem que os dois fizeram para a ComicCon no Rio de Janeiro em 2010 e todos os perrengues e aventuras que eles passaram na cidade maravilhosa (como alguém que mora em uma cidade do interior de São Paulo e foi pela primeira vez pro Rio pras Olimpíadas do ano passado, digo apenas: #relatable). Mas não tem só isso, não – aqui, a Cristina Eiko também nos conta sobre seu contato sobrenatural com um alienígena e o retorno do mesmo – e também como a ideia pros quadrinhos surgiu. No final, somos apresentados aos cadernos de rascunho do casal – onde mais algumas historinhas aparecem, agora de forma mais “crua”.

quadrinhos a2 dois

O segundo volume é focado no Pino e, olha, se você for comprar só um, COMPRA ESSE. Ele foi publicado pela primeira vez em 2012 e conta justamente como o dachshund entra na vida dos dois, como foram seus primeiros dias, as viagens longe do cachorro e o primeiro evento dos dois como quadrinistas, lá na FIQ de Belo Horizonte (com mais perrengue de viagem, aquela parte horrível que fica engraçada depois que você passa por ela). Esse segundo volume é o maior dos cinco lançados até então, com 180 páginas!! Os outros tem, todos, 140, pra você ter uma ideia do tamanho. Além de maior, ele também foi o que mais me fez rir alto, mas ganhou por pouco do próximo da lista, viu?

quadrinhos a2 três

O terceiro volume, então, é composto por um Guia de Desorganização para Leigos (completo com aquelas capas amarelas de Guias for Dummies, sabe qual?, mas mil vezes mais hilário), a história da origem de vilã e dos super poderes da Eiko (lembra que essas histórias autobiográficas tem um quê de ficção fantástica?), uma subida pelo Parque Estadual da Cantareira em São Paulo, o encontro do Paulo com o Art Spiegelman (que fez Maus) e duas histórias lindas da infância da Cristina e do Paulo, originadas graças ao trabalho que eles fizeram relacionados a super heróis.

Além de serem super engraçados e fofos, os Quadrinhos A2 deixam bem claro o trabalho que a Cristina e o Paulo tem como quadrinistas e como é seu dia a dia sem ser exagerado ou enrolar demais. Você se sente como se conhecesse os dois e estivesse dentro da casa deles, ouvindo as histórias que eles tem a contar. Outro ponto fantástico é ver como o estilo dos dois flui de um jeito incrível. As personagens do Paulo e da Cristina são bem caracterizados (existe até uma piada em um dos volumes sobre isso), mas os cenários, os ângulos e até mesmo os estilos que eles misturam para contar cada história deixam mais do que claro o trabalho que eles colocam em cada livro – e o resultado final é de tirar o fôlego. Cada detalhe é bem pensado e cada nova página é uma surpresa. É impossível ficar entediado lendo os Quadrinhos A2. Se eu já era gostava da Eiko e do Crumbim por ter lido Vida, agora que eu li os Quadrinhos A2 e conheci a Cristina eu sou ainda mais fã deles.

quadrinhos a2 autógrafo

Se você ficou curioso e também quer ler os Quadrinhos A2 (ou sua outra obra, os quadrinhos Gnut) você pode comprá-los direto no site deles. No link também tem o contato dos dois, a página deles no Facebook e indicações de outras lojas (físicas e online) onde você pode comprar os quadrinhos (tem em São Paulo, Curitiba e Salvador!!). São leituras rápidas e fantásticas, que vão te fazer rir alto, com certeza ((:

Emily
meus textos | twitter | instagram | goodreads
Graduada em Letras. Ama monstros e cachorros e, principalmente, lobisomens. Puxa o erre, adora parênteses e quase nunca usa o plural direito.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s