Os contos de romance da Olívia Pilar

olívia pilarDepois de indicar O Senhor do Vento lá no começo do ano (e dar uns motivos pra começar a ler contos), eu voltei com mais duas histórias curtinhas mas nem por isso menos incríveis pra vocês! Do que eu tô falando? De Entre Estantes e Tempo ao Tempo, da Olívia Pilar!

Os dois contos foram publicados de forma independente pela Olívia lá na Amazon (mas é aquela história – se você não tem um kindle, o e-reader da Amazon, tudo bem, porque dá pra baixar o aplicativo no seu celular ou tablet e ler por lá mesmo). Além das capas fofíssimas e das poucas páginas (ou seja, você lê num piscar de olhos e fica apaixonado pelo resto do dia), o que os dois contos têm em comum (e que são muito bem trabalhados, por sinal) são protagonistas negras e seus relacionamentos com outras meninas – sejam elas a garota da biblioteca da faculdade ou a melhor amiga da infância.

Os contos são curtinhos e dá pra ler cada um em menos de meia hora – dá pra aproveitar aquela fila do banco ou ler um pouquinho antes de dormir. Mas nem por isso eles deixam de ser incríveis. Pra quem curte romance contemporâneo e representatividade, essa é a melhor pedida!

O primeiro conto publicado, Entre Estantes, acompanha Isabel, uma moça que entrou recentemente na faculdade e encontra paz na biblioteca do lugar. Querendo provar não só pra si mesma, como também para todo mundo que ela escolheu o curso certo e que será boa nele. Isabel se vê tendo que lidar com muito mais do que isso ao perceber que ela não está sozinha em suas visitas regulares ao prédio – e que essa presença tem mais impacto nela do que o esperado. A narrativa da Olívia, em primeira pessoa, é uma delícia e é impossível não torcer pela sua protagonista e pelo seu crescimento nesses primeiros meses de faculdade. Quem já passou por isso – ou está passando – com certeza vai ver um pouquinho de si mesmo na narradora.

Já o segundo conto, Tempo ao Tempo, é um pouquinho maior e foca na Carolina e na Elisa, duas amigas que se conhecem desde a infância. Enquanto a Isabel ainda está descobrindo mais sobre si mesma e se vê interessada na Helena, a moça da biblioteca, sem nunca ter falado com ela, aqui a Carol e a Elisa sabem tudo uma sobre a outra e a gente vê o relacionamento das duas crescer e se transformar em algo diferente conforme os anos – e outros relacionamentos – passam.

A narrativa da Olívia, agora dando voz a Carol, é super gostosa e os pulos que a história dá conforme as duas crescem só fazem você se apaixonar mais pelas duas protagonistas e ficar com aquele gostinho de QUERO MAIS, bem do jeito que os romances contemporâneos mais divertidos sabem fazer. É claro, a história dessas quatro personagens vai mais longe do que isso, mas, pra saber mais, é só pegar os contos lá no site, né não?

O que torna Entre Estantes e Tempo ao Tempo ainda mais fantástico é o fato das duas narrativas serem protagonizadas e darem voz a meninas e mulheres negras lésbicas e bissexuais, aqui no cenário brasileiro. Quem já leu outras resenhas minhas sabe a importância que eu dou pra histórias dos nossos autores, mas a Olívia merece um destaque porque ela também é uma mulher negra que sabe o que está fazendo – outro ponto importantíssimo aqui pra gente no Pavê e que estamos sempre falando sobre (é só jogar “representatividade” na barra de busca ou olhar os últimos posts, já que esse mês estamos focando em mídias LGBT – ou, se você tá procurando mais autoras negras brasileiras, checar essa resenha de As Lendas de Dandara). Além disso tudo, ela também é autora independente, ou seja, ‘tá abrindo seu próprio espaço – e que espaço, minha gente. Volta e meia os dois contos da Olívia aparecerem entre os mais vendidos na Amazon!

Ficou com vontade de saber mais sobre a Isabel, a Helena, a Carol e a Elisa? É só clicar aqui para Entre Estantes e aqui para Tempo ao Tempo! Eles também podem ser lidos através do Kindle Unlimited, serviço mensal da Amazon, então não tem desculpa pra não ler, hein?

Emily
meus textos | twitter | instagram | goodreads
Graduada em Letras. Ama monstros e cachorros e, principalmente, lobisomens. Puxa o erre, adora parênteses e quase nunca usa o plural direito.
Anúncios

3 comentários sobre “Os contos de romance da Olívia Pilar

  1. Pingback: FLIPOP: o evento literário mais amor desse Brasil!! | Pavê

  2. Pingback: 20 livros LGBT+ para colocar na estante – Revista Pólen

  3. Pingback: Dia de domingo: uma história sobre descobertas | Pavê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s