Olhos d’água: o foco na realidade negra

Hoje é Dia da Consciência Negra e nada mais justo do que trazer para o palê de hoje uma autora negra brasileira. Então vamos falar um pouco sobre o livro Olhos d’água, da Conceição Evaristo?

Sem título

Eu queria começar esse texto falando sobre algo que não é novidade para ninguém, mas que ainda me incomoda muito. Eu sou formada em Letras por uma das melhores universidades pública do país e quando eu olho para minha formação e vejo o quanto de autores negros eu estudei durante a graduação, eu fico decepcionada e brava. Tirando Lima Barreto e Machado de Assis, eu não me lembro de ter estudado, nas minhas aulas de literatura, nenhum outro autor ou autora negros. Isso numa turma de 60 alunos (em que se tivesse 4 negros, era muito) que estavam ali – pelo menos a maioria – pra se formar como professor. Dá pra imaginar o ciclo de continuar se estudando majoritariamente autores homens brancos se repetindo, né? Ainda mais quando a gente sabe que essa não era uma realidade só ali (embora alguns lugares já estejam melhor nesse aspecto), da minha faculdade, da minha sala. E é isso o que me deixa decepcionada.

O que me deixa com raiva, no entanto, é pensar no quanto caberia muito bem trazer autores negros para as nossas aulas. Quando lembro, por exemplo, da disciplina de literatura contemporânea e vejo que, no geral, só lemos autores homens brancos, eu fico revoltada. Por que autoras como a Conceição Evaristo não me foram apresentadas antes? Um livro tão rico como Olhos d’água deveria estar presente na formação literária de qualquer pessoa cursando Letras nesse país.

Olhos d’água, ganhador do Jabuti na categoria Contos em 2015, reuni 15 histórias de diferentes personagens, mas todos com realidades bastante parecidas. O livro coloca o holofote na narrativa negra e periférica, dando voz para que essas personagens possam contar suas histórias e levantar reflexão sobre seu espaço na sociedade. A autora se preocupa em especialmente em escrever sobre a vida de mulheres negras, relatando e apontando a condição dessas mulheres em nossa realidade.

Sem título.png

“Eu sempre tenho dito que a minha condição de mulher negra marca a minha escrita, de forma consciente inclusive. Faço opção por esses temas, por escrever dessa forma. Isso me marca como cidadã e me marca como escritora também.” (fonte: O Globo)

Os contos são todos bem curtos, mas cada palavra é entregue numa intensidade verdadeira. Essa é uma daquelas coletâneas que precisa ser lida aos poucos, não só para se poder saborear a narrativa muito bem construída da Conceição, mas porque cada conto é um novo soco de realidade que recebemos. A autora não mede suas palavas ao nos relatar a história de Maria, Natalina, Kimbá, Di lixão, entre muitos outros.

É impossível não se comover com as histórias expostas em Olhos d’água e a brutalidade tão real vivenciada por todas suas personagens. São composições fictícias, mas que muito se aproximam da realidade que podemos encontrar por aí se olharmos ao nosso redor. Por isso é tão importante ter uma obra como essa trazendo para o foco a realidade de muitos negros periféricos brasileiros, ainda mais sendo contada por uma mulher que partiu dessa mesma vivência.

Um livro importante, de uma autora tão prestigiada, não pode faltar na formação de qualquer leitor. Se ainda não leu, então corre para colocar na sua lista e conheça a sensibilidade artística que Conceição Evaristo coloca em seu texto, ou melhor, em sua escrevivência (como a autora gosta de se referir à sua arte).

Sol
meus textos | twitter | skoob | goodreads | filmow
Escritora de histórias bregas e especialista em procrastinação. Apaixonada por cultura pop, acredita que toda história tem potencial pra ser uma boa comédia romântica e tá sempre pronta pra indicar uns chás.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s