5 motivos para amar Cinderella (1997)!

Todo mundo deve conhecer a história da Cinderela. Um clássico dos clássicos né. É um dos contos de fada que mais tem adaptações cinematográficas, tanto da forma clássica como em releitura moderna. Mas você conhece o Cinderella de 1997?

Descobri esse filme de ouro graças à miga Lorrane e desde que soube da existência dele, não paro de pensar a respeito. É um filme da Disney feito para televisão, então só não é O FILMAÇO que poderia ser por ter um orçamento muito menor do que grandes produções e consequentemente, pouca distribuição também. Mas isso não impede o filme de ser completamente encantador como uma boa história de conto de fadas é.

Bom, essa foto de capa de post sozinha é motivo o suficiente para amar a existência desse filme. Olha essa foto!!! Mas vou falar um pouco sobre esse filme e porque ele é tão incrível. Caso você tenha oportunidade de assisti-lo um dia, por favor, nunca te pedi nada!

Brandy-Cinderella

1. A Cinderela

Quantas histórias de princesa existem no mundo? Quantas delas não são brancas? Ainda, quantas adaptações de Cinderela existem e QUANTAS protagonistas brancas tem sua história contada, amor e seu final feliz? Inúmeras, inúmeras. Não precisa nem pesquisar muito pra saber a resposta. E é por isso que esse é o motivo número um para amar esse filme. Uma Cinderela negra! (e de tranças!) Num vestido lindo, que acredita em si mesma e conquista seu final feliz. Um filme lindo, mágico e muito amorzinho. E espera, que só fica melhor.

2. É MUSICAL

SIM. É MUSICAL! Brandy (atriz e cantora que interpreta Cinderela) tem uma voz encantadora e brilha em seu protagonismo em não apenas em todos os duetos, mas especialmente nos solos. Em seus solos, ela simplesmente brilha. Esse filme ficou ainda mais encantador e carismático por ser musical e o elenco incrível que o compõe. E é claro, tem muita música! Se você gosta de musicais, esse é um filme adorável, divertido e encantador com uma seleção de vozes inesquecíveis e músicas que fazem o filme ainda mais especial.

3. Um casal desses bicho

012.jpg

São tantas emoções……SIM! Um casal interracial não branco lindíssimo desses! Isso é muito raro de ver em ficção, ainda mais em aspecto de conto de fada, princesas e príncipes. O príncipe encantado (Paolo Montalban) é um homem asiático e desde a primeira vez que vê Cinderela nas ruas, se encanta completamente. Eles tem uma química forte e seus duetos são intensos e carregados de emoção, como nós trouxas que adoramos um bom romance apreciamos muito. Desde o primeiro encontro, ao baile e ao final……a interação dos dois é impecável. Paolo também é muito charmoso e entrega com excelente qualidade o papel de príncipe encantado apaixonado, outra voz maravilhosa. O que só faz os duetos dos dois serem excelentes e como eu não me aguento, vou deixar um exemplo logo abaixo (da primeira cena só, calma!) para vocês entenderem do que estou falando:

A Brandy tá absurdamente encantadora e apesar de não ser um solo completo porque tem a participação do Príncipe, os holofotes estão praticamentes todos nela. Sério, olha essa voz.

4. Um verdadeiro conto de fadas

Bom, de primeira, já achei o filme sozinho maravilhoso apenas pela composição do elenco. Além de Brandy como Cinderela, e Paolo como Príncipe, também temos Whoopi Goldberg como Rainha Constatina e mãe do Príncipe! Sim, fala sério esse filme é bom demais. E É REAL. Uma das meia-irmãs da Cinderela, Minerva, também é negra e é interpretada por Natalie Dessele Reid, maravilhosa e carismática. A meia-irmã branca e a madrasta (Bernadette Peters) são super mesquinhas e horrorosas. A madrasta é cruel de uma forma tão passando dos limites, que acredita que quando o príncipe vai à procura da dona do sapatinho de cristal, ela tem a OUSADIA de experimentar no seu próprio pé? O que ao meu ver nada mais é que um retrato fiel da realidade. 

Mas fora esse elenco maravilhoso, sério, tinha pessoas não brancas em peso até mesmo dançando no baile! Cinderella (1997) é incrível por passar a sensação de um conto de fadas genuíno. O aspecto teatral, o figurino excelente (todo o visual da Cinderela, da Rainha, de todo mundo honestamente…), as músicas que transmitem o sentimento e emoção de cada personagem e momento que estão vivendo fazem com que a magia esteja no ar. E mais que isso, a própria Cinderela. Acreditar em si mesma e acreditar em seu valor. É uma mensagem tão valiosa, transmitida de uma forma tão bonita e significativa, vou apenas deixar esse trecho que resume tudo:

brandy-norwood-cinderella-inline-e1519877270137.jpg

Fada Madrinha: Cinderela, se você o ama mesmo, por que não disse a ele?
Cinderela: Como poderia? Olhe para mim.
Fada Madrinha: Você acha mesmo que ele se apaixonou pelo seu vestido luxuoso e suas lindas tranças?
Cinderela: Eu já não sei mais, e se você não tivesse me ajudado—
Fada Madrinha: Você não precisava da minha ajuda. Você só pensou que precisava. Acredite em você, Cinderela, e acredite nele para amá-la como quem você realmente é.

(trecho original) Fairy Godmother: Cinderella, if you really love him, why don’t you let him know?
Cinderella: How can I? Look at me.

Fairy Godmother: Do you really think he fell in love with your fancy gown and your pretty braids?
Cinderella: I don’t know anymore, and if you hadn’t helped me—
Fairy Godmother: You didn’t need my help. You just thought you did. Believe in yourself, Cinderella, and trust him to love you as you really are.

 

5. WHITNEY HOUSTON!

cinderella-whitney-brandy-1509644774.jpg

CinderellaTVMovie1997_12.jpg

Bom e não podia deixar de falar dela, absoluta e maravilhosa. WHITNEY HOUSTON É A FADA MADRINHA. Ela inclusive abre o filme já cantando, nessa roupa dourada cheia de brilho, sente só o poder. Além de obviamente, ser uma cantora excepcional. Whitney está radiante no papel de fada madrinha e foi o maior apoio para Cinderela. Ela não apenas lhe deu uma chance de ir ao baile, com carruagem e um vestido bonito e sapatinhos de cristal. Ela viu o valor de Cinderela e a ajudou a reconhecer isso em si mesma. Em acreditar em si mesma e que merece seu final feliz, sua tão esperada liberdade. Ela até mesmo guia Cinderela durante o baile, em um momento de insegurança (a menina nem tinha dançado com o Príncipe direito e já queria voltar pra casa!). Além disso, ela foi sua amiga. Todas as partes musicais de Whitney são maravilhosas, mas os duetos de Cinderela e Fada Madrinha tem um quê de especial a mais. A sintonia e união das duas é ótima além da harmonia ser tão vibrante, otimista e mágica que traz aquele quentinho no coração.

Como eu sei que (infelizmente) esse não é um filme fácil de achar eu vou deixar um trecho do dueto das duas aqui embaixo porque essa é uma das partes mais magníficas do filme então vem apreciar comigo:

Termino o post dizendo que olha esse filme! Imagina um remake dele, com produção grande para os cinemas no mundo todo! Imagina o quão lindo ia ser e o impacto que daria em milhares de meninas que se sentiriam representadas e maravilhadas ao se ver como princesas (inclusive se ainda não viu o post de Pantera Negra da Sol, vai conferir!). A Disney fez um remake de Cinderela em 2015, mas claro absurdamente branco. Alguns aspectos como a escada dourada do palácio, lembram muito o filme de 1997 e olha, podiam ter feito um remake do filme de 1997, não branco, com muito protagonismo e co-protagonismo de mulheres negras, casal interracial não branco ou um elenco inteiro negro, com príncipe encantado, imagina! E um musical belíssimo (que provavelmente não seria a mesma coisa sem a Whitney….mas vozes talentosas não faltam né?). Enfim, estamos cansadas demais. Mas é sempre uma alegria encontrar filmes maravilhosos como esse aqui e espero que tenha te alegrado também e tenha a oportunidade de assistir! Além disso, vão ver Pantera Negra nos cinemas e Uma Dobra no Tempo (que estreia 29 de março!).

fotobio27 Lari
meus textos | twitter | goodreads | filmow Designer gráfica, artista visual, ilustradora e aspirante a quadrinista. Faz dancinhas aleatórias pra tudo. Canta músicas icônicas da MPB para seus personagens preferidos como declaração de amor. Grita como forma de expressão.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s