#desafiopave: Cerulean: Belo, mas com seus defeitos

capa_cerulean2

[Descrição da Imagem: Foto da HQ, Cerulean, de Catharina Baltar. Ao centro, em um fundo esbranquiçado de uma mesa meio transparente, está a capa de Cerulean, com título em letra cursiva e branca, ilustração de uma sereia de cabelos azuis esverdeados de óculos, olhando fixamente para frente enquanto segura um celular com a tela brilhando em suas mãos, com a companhia de seu amigo axolote. Ao lado esquerdo, um marcador de página de uma das cenas da HQ, com Cerulean de corpo inteiro, vestindo óculos, uma camiseta, segurando em uma mão o seu amigo axolote e em outra o celular, com sua cauda de sereia à vista.]

Se vocês ainda lembram do #DesafioPavê, ele continua pleno e em pé, com as resenhas relacionadas ao desafio postadas sempre aos domingos. Estamos em maio e Cerulean foi a HQ escolhida para o mês de março, então sim, esse post está um tantinho atrasado, mas o que importa é que ele finalmente saiu! E caso você tenha perdido, pode conferir todas as resenhas relacionadas ao #DesafioPavê nesta página aqui, como a resenha de abril de As Lendas de Dandara feita pela Sol e O Enterro das Minhas Ex feita pela Mamá no domingo passado.

Cerulean é roteirizado e ilustrado por Catharina Baltar. O quadrinho começou com o Inktober – um desafio no qual artistas ao redor do mundo se propõem a desenhar todo dia durante o mês de outubro – e Catharina se propôs a tirar a sua personagem da gaveta e finalmente dedicar uma história completa para ela, fazendo uma página por dia no Inktober. A repercussão do projeto foi grande e com isso, depois de ajustes, acabamento e um desenvolvimento maior, Cerulean se tornou um projeto no Catarse e a sereia tomou forma física. Nós do Pavê descobrimos essa HQ na época em que ele ainda estava sendo financiado e tínhamos altas expectativas para ela. Afinal, uma HQ brasileira, feita por uma mina e, ainda, com uma sereia geek que usa óculos? Adoramos a ideia e algumas de nós estavam ansiosas. Eu, Lari, vou ser honesta e bem crítica nesta resenha. É sim um trabalho bem feito, poxa, é todo de aquarela e isso dá um trabalho enorme, tem muitos aspectos positivos, mas, no geral, eu esperava bem mais.

Continuar lendo

#desafiopavê: Estrela Kaingáng, a lenda do primeiro pajé

Hoje é dia de #DesafioPavê e nós vamos falar sobre o livro escolhido para o mês de fevereiro, cujo tema era literatura indígena – e aqui estamos falando de livros sobre indígenas e escritos por indígenas, então todos aqueles romances indianistas que estudamos no colégio como O Guarani, Iracema e Moema estavam fora da competição.

A obra escolhida foi Estrela Kaingáng, da Vãngri Kaingáng, publicada pela Editora Biruta. O livro tem 32 páginas, então aviso logo que é difícil falar dele sem soltar spoiler, mas, em minha defesa, o tema do livro é uma lenda (que todos nós deveríamos saber se as escolas ensinassem a história dos povos indígenas) então não tem uma reviravolta que um spoiler possa estragar. Agora que estão todos avisados, vamos lá!

20170228_102421

[Descrição da imagem: foto do livro Estrela Kaingáng, em que na capa vemos uma ilustração de um céu estralado com o título na frente, e um enfeite de uma planta ao lado do livro.]

Continuar lendo

#desafiopavê: As Águas-Vivas Não Sabem de Si

Como já dito antes em outro post, esse ano lançamos o #DesafioPavê. Baseado em nossas escolhas de leitura para cada mês, resenhamos e discutimos as obras selecionadas, e vamos comentar aqui no Pavê também. O post de hoje é sobre o livro de ficção científica As Águas-Vivas Não Sabem de Si, da Aline Valek.

Quero começar dizendo que o livro foi uma surpresa para mim. E uma surpresa muito agradável mesmo. A escrita da Aline é surpreendente e me trouxe a mesma sensação de estar perto do oceano, como se estivesse reproduzindo o próprio movimento das ondas – o infinito leva e traz, a calma e ao mesmo tempo, o poder do mar.

capa

Continuar lendo

#desafiopave: Universo Desconstruído

Iniciando os posts do #desafiopave, a nossa listinha deliciosa de leitura que apresentamos anteriormente, o texto de hoje é uma resenha do livro Universo Desconstruído – Ficção Científica Feminista.

Organizada por Aline Valek e Lady Sybylla, escritoras brasileiras, e publicada em 2013, a premissa dessa obra é encantadora: reunir contos escritos por autoras e autores brasileiros cujo teor seja de ficção científica e vá contra os padrões opressores estabelecidos na sociedade, reproduzidos no gênero de forma massiva. Como as próprias organizadoras apresentam: “Queremos […] quebrar dois estigmas extremamente negativos: que mulheres não sabem escrever ficção científica e que feminismo é um movimento que quer destruir o gênero masculino. Nosso objetivo principal é a quebra dos estereótipos negativos que recaem sobre as mulheres, englobando também gays, lésbicas, trans*, pessoas negras e homens. ” De tirar o fôlego, hein?

Continuar lendo

Conheça o #desafiopave!

Se você é como a gente, deve ter uma pilha enorme de livros não lidos e uma das suas resoluções de Ano Novo é dar um fim nela — ou, pra ser mais realista, pelo menos diminuí-la bastante. Ou só um pouquinho. A gente se ilude, né? Mas aí vem aquela dúvida: Por onde começar? Nessas horas, muita gente recorre aos desafios literários, essas listinhas que acabam nos orientando na hora de escolher um livro, sugerindo um tema ou critério por mês.

Pois bem, nós do Pavê temos a nossa própria listinha interna. Pra quem não sabe (aliás, ninguém deve saber, já que a gente nunca falou disso aqui, rs), o blog surgiu a partir de um clube do livro — que ainda existe, mas hoje é fechado e virou mais um grupinho de amigos que fica falando um monte de besteira no WhatsApp e uma vez por mês vai pro Facebook conversar sobre um livrinho previamente escolhido. Todo fim de ano, a gente faz uma lista, geralmente adaptada de uma lista já existente por aí. Cada um de nós pode indicar até dois livros pra cada mês e votar em cinco. O livro mais votado é o escolhido e é discutido no fim do mês. Ao longo dos anos, resolvemos fazer a mesma coisa pra HQs e filmes, e esse ano resolvemos compartilhar essas listas com vocês. Esse post vai trazer não só os livros, HQs e filmes escolhidos como também as indicações! Ou seja, se você quiser seguir nossa lista, vai ter várias sugestões pra cada mês.

Além de compartilhar as listas, no começo de cada mês a gente vai ter posts especiais sobre o livro, a HQ e o filme do mês anterior, com as nossas impressões e reflexões a respeito deles. E, se você quiser, pode compartilhar as suas próprias usando a tag #desafiopave! Escreve uma resenha, faz uma thread no twitter, tira umas fotinhos do livro — qualquer coisa — e usa a hashtag e/ou marca a gente no Twitter, no Facebook ou Instagram que a gente compartilha e troca umas ideias! Quem sabe assim você finalmente diminui sua pilha ou sai daquele reading slump? Segura na nossa mão e vai!

Continuar lendo