Yowiya, de Hiro Kawahara

whatsapp-image-2017-02-21-at-16-46-03

Descrição da imagem: Foto da capa de Yowiya, em que o personagem-título aparece ao fundo. À sua frente, está Manon, um fantasma azulado de uma modelo francesa assassinada. Seu “corpo” é desproporcionalmente esguio e tem caracteres chineses arcaicos tatuados. Aos pés de Manon está Kipky, uma garota de cabelo curto, vista de perfil e colorida em tons de amarelo. Ao lado do livro, está um marcador de páginas que mostra os olhos de Yowiya, a cabeça de Manon e a de Kipky, uma acima da outra, contra um fundo cor de rosa.

Eu tinha grandes expectativas para Yowiya, segundo quadrinho do ilustrador Hiro Kawahara publicado pela editora Gironda. Ouvi falar desse trabalho pela primeira vez quando ainda era um projeto no Catarse, e achei a sinopse tão interessante que guardei o nome do projeto e do autor para comprar quando estivesse publicado (àquela altura, o projeto já tinha atingido a meta pretendida). Acabei comprando meu exemplar na CCXP (Comic Con Experience), com direito a um autógrafo super fofo do Hiro e já de olho nas artes que ele também estava vendendo por lá (infelizmente, tive que deixar para outra oportunidade, porque queria guardar dinheiro para comprar outros quadrinhos). E no post de hoje, conto se Yowiya atingiu ou não minhas expectativas. Continuar lendo